sábado, 17 de outubro de 2009

XXXV

.




faço minhas as palavras de Sartre: “os homens sabem calar-se.” diante da beleza, o homem deve parar, pensar, admirar, calar e gravar cada forma, cada expressão, cada gesto e cada conteúdo do belo. pra ser sincero, pra ser exato, eu me estremeço & me explodo quando me aproximo da inebriante lindeza que é tâmara. imagina quando eu tretrepar com ela de novo. o sol e a lua vão se encontrar, se colidir e a terra vai girar em torno destes satélites ao mesmo tempo. nooossssaa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário